Archive for the ‘Meio Ambiente’ Category

Diversão Sem Desperdício

Novembro 16, 2009

Estamos finalizando nosso projeto sobre meio ambiente deste semestre. Meus alunos irão confeccionar suas próprias camietas da ONG que montaram, sim eles montaram uma ONG!! Foi conversando com outra pedagoga que cheguei à um processo muito divertido e ecológico sobre como fazer esta camiseta sem gastar tinta e utilizando materiais que pudessem ser reaproveitados. Chegamos ao seguinte produto: Vamos fazer uma camiseta estampada usando o papel lixa!

Não entendeu? Vou explicar melhor…

Para fazer isto você vai precisar de: Uma folha lixa A4, giz de cera, uma camiseta branca e um ferro de passar.

– Primeiro você deve desenhar algo no lado aspero da folha, desenhe com bastante força

– Depois você coloca o papel por baixo da camiseta (que está no lado avesso) posicionando o desenho aonde você deseja ter a estampa.

– Finalmente, passe o ferro quente sobre a camiseta e…

– Voilá! Agora, além de poder guardar o papel lixa para outros fins e uma camiseta estampada com seus próprios desenhos, você tem suas crianças se divertindo sem desperdício.

Mãos à Obra!

Novembro 5, 2009

RecicladoNo começo do mês de setembro, em uma aula sobre poluição, expliquei aos meus alunos como é feito o papel. Depois de terem entendido que uma árvore demora muito mais tempo para crescer do que o papel para ser feito, com a ajuda de outra pedagoga, colocamos dentro da sala de aula uma caixa aonde estava escrito “Reciclando Papel”, onde as crianças poderiam depositar os “restos” de papel após suas atividades de recorte. 

Isso contribuiu, em primeira mão, com a concientização ecológica dos alunos. Ao verem a quantidade de papel que jogamos no lixo todos os dias, eles entenderam a gravidade do problema discutido em aula. Toda semana nós tinhamos que pressionar mais e mais o papel dentro da caixa para que coubesse mais papel.

LixoAproximadamente um mês depois, cortamos aquele papel em pedaços realmente pequenos, juntamos tudo e experimentamos a reciclagem daquele material. Foi uma experiência riquíssima e super positiva. Para você ter uma idéia, imagine crianças de cinco anos, reciclando papel…  Fizemos uma meleca sem tamanho! As crianças sentiram que são capazes de contribuir e, ainda melhor que isso, conseguiram reciclar o papel.

Além de ser um processo extremamente divertido para as crianças, a experiência da reciclagem permite que elas se preocupem mais com o consumo de papel, tomando mais cuidado na hora de usá-lo.

Imagine só o que estas crianças podem fazer pelo planeta quando crescerem!

 Nós fizemos isso usando a seguinte receita:

– Papel picado

– Água

– Cândida

Coloque o papel picado no liquidificador (até a metade do copo do liquidificador), adicione dois copos de água e bata até ficar homogêneo (se precisar, adicione mais água). Adicione a cândida e bata mais um pouco, depois retire excesso de água. Após um minuto, estique um pedaço de magipack sobre a mesa e jogue a mistura em cima. Com um pano você pode amassar a mistura. Passe um rolo compressor por cima do pano (que está esticado sobre a mistura) e deixe secar por três dias, no sol.

Viu só? Nem adianta dizer que é difícil, qualquer um pode reciclar!

Quer saber mais sobre o assunto?

www.ecoblogs.com.br

Abolindo o Copinho Plástico

Novembro 5, 2009

CopoEstou auxiliando meus alunos, durante este semestre, no desenvolvimento de um projeto sobre meio ambiente que chamamos de “Salvando o Planeta”. Já estamos na reta final desta jornada, mas tenho diversas histórias estocadas para dividir sobre as nossas vivências.

Uma delas é a medida que tomamos, como classe, de abolir os copinhos plásticos pensando na sustentabilidade. Tudo começou há algumas semanas, na escola onde trabalho, quando discutia com as minhas crianças sobre o tema “Consumo Consciente”.

Estavamos tentando criar algumas maneiras de contribuir com as nossas ações na escola. Aos poucos novas idéias foram surgindo até que chegamos à decisão de que durante a semana as crianças deveriam usar apenas um copinho plástico para tomar água, para evitar o desperdício.

Com o passar do tempo, percebemos que aqueles copinhos iam estragando e mesmo sendo lavados não conseguiamos mantê-los por muito tempo. Foi então que surgiu a solução: vamos trazer um copo de casa!

Cada criança trouxe seu copo e aos poucos foi se tornando mais natural a utilização do copo em diferentes momentos, até que finalmente tomar água com o seu próprio copo se tornou um hábito.

Além de significar um gasto a menos para a escola, esta medida não estimula apenas o não desperdício mas também a sustentabilidade. O público infantil é muito amplo e aberto para este assunto, precisamos fazer a nossa parte para que eles desenvolvam uma responsabilidade social e ambiental.

Esta é uma dica simples, mas muito eficaz!

Para quem quer ir além:

www.ecoblogs.com.br

 

Responsabilidade Ambiental

Agosto 20, 2009

ConsumoMeio Ambiente. Sabemos bem da importância deste para a sobrevivência do nosso planeta e o bem estar de todos nós que nele vivem. Este porém ainda é um assunto sobre o qual “muito se fala e pouco se faz”.  Ainda é perceptível uma grande dificuldade em relação a compreensão deste assunto, além da falta de disposição e comprometimento que são fatores que acabam por dificultar os processos de: conscientização coletiva e consumo consciente.

Normalmente quando pensamos na palavra “consumo” traduzimos imediatamente esta palavra em nossas mentes por: compras! A palavra “consumo” traz consigo um resumo de muitas outras atividades de nossas rotinas. Desde a hora em que acordamos até o final de nossos dias, consumimos todos os tipos de coisas que precisamos e não precisamos para viver: água, eletricidade, comida, combustível e etc.

Se pararmos para refletir em relação ao consumo consciente de maneira mundial, podemos lembrar que esta é uma questão abordada desde 1997, com o Protocolo de Kyoto (que será substituido por um novo tratado climático em 2012, ainda não definido que deve ser divulgado até Dezembro de 2009 ) que foi uma das grande medidas tomadas pela ONU (Organização das Nações Unidas) que formalizou no Japão (1997), o termo de compromisso dos países desenvolvidos em relação a diminuição de emissão dos gases poluentes que trazem malefícios ao ar e a atmosfera. Isso fez com que a atividade de consumo destes países tomassem novas proporções, minimizadas e controladas.

No Brasil o Ministério do Meio Ambiente (MMA), criado em novembro de 1992, visa a promoção e a adoção de conceitos e  estratégias na busca do conhecimento a respeito, da proteção e recuperação do meio ambiente, do uso sustentável dos recursos naturais, da valorização dos serviços ambientais e a inserção do desenvolvimento sustentável na formulação e na implementação de políticas públicas.

A partir disto entendemos que estamos diante de uma situação preocupante, mas também não estamos parados, agindo aos poucos o Brasil e o Mundo estão mudando a história do Planeta Terra.

Water CupTodas essas informações são um sinal de alerta para nós educadores. É necessário que esta luta faça parte da nossa prática de ensino, garantindo que o processo de aprendizagem das nossas crianças seja abrangente o suficiente de maneira que crescendo – nossos alunos, filhos, sobrinhos, netos e pequeninos em geral – desenvolvam uma responsabilidade social e ambiental.

Quando limitamos esta questão à produção de lixo ou organização do mesmo, estamos escondendo o resto desta realidade – Precisamos desenvolver o consumo consciente!

Algumas dicas:

– O incentivo do uso de copos não descartáveis para seus alunos, cada aluno traz de casa seu próprio copo.

EcobagA ultilização de “Ecobags”, que são sacolas produzidas a partir de tecidos reaproveitáveis e ecológicos para compras de mercado, padaria ou qualuqer tipo de alimento.

– A conscientização de seus alunos em relação ao consumo da água: contar até quatro ao lavar as mãos e gastar apenas 10 minutos do banho por exemplo.

– Reciclar papel e utilizar-se de retalhos.

– Economizar eletricidade: abolir o uso de ar condicionado!

– Juntar óleo de cozinha em um vidro e entregar em algum posto de tratamento que se utilizará deste óleo para produzir sabão.

Veja mais:

http://www.mma.gov.br/sitio/index.php?ido=conteudo.monta&idEstrutura=88

http://noticias.ambientebrasil.com.br/noticia/?id=44788

http://www.mma.gov.br/sitio/

http://www.kidsforsavingearth.org/