Archive for the ‘Lazer’ Category

Férias

Janeiro 21, 2010

Janeiro e o verão tomaram conta das férias escolares. Alunos, professores e famílias gastaram seu tempo viajando, passeando e curtindo de diferentes maneiras.

Durante as férias, eu e algumas amigas fomos visitar um Orfanato em Minhas Gerais, o lugar chama-se “Direito de Sonhar”. É um lugar lindo e administradado por amigos muito queridos e nós nos comprometemos a voltar lá sempre que temos o tempo e o dinheiro para isto.

Resolvemos organizar um acampamento para as crianças da cidade. Convidamos todas as crianças da cidade em um dia para que estivessem lá no outro. Foi incrível, 34 crianças vieram, o que tornou todos os jogos, brincadeiras, atividades e histórias programadas muito mais divertidas. Isso não significa que foi fácil, ao contrário, foi muito difícil, éramos quatro jovens para 34 crianças. Graças à Deus pudemos contar com a ajuda de pessoas na cidade que nos auxiliaram com a alimentação, transporte e muita disposição.

Essa experiência foi muito rica para nós, tivemos que aprender como controlar essas crianças e ao mesmo tempo garantir que eles estavam se divertindo e aprendendo as coisas que tinhamos em mente quando resolvemos organizar esta bagunça toda.

E você? Como tem sido o seu verão?

Anúncios

Feriado e Chuva

Setembro 6, 2009

ChuvaPassamos calor a semana inteirinha. São Paulo está uma loucura. Ninguém mais aguenta passar calor no inverno e frio no verão. Nós paulistanos já estamos acostumados com essas mudanças climáticas, não saímos mais de casa sem pelo menos levarmos conosco um casaco na bolsa. Mas nesse fim-de-semana, vépera de feriado, a chuva parece estragar nossos planos e trazer desgosto aos rostinhos dos nossos pequeninos.

Sem contar com os aventureiros que estão encarando a  praia, casa de campo e piscina debaixo de chuva, nossas crianças vão ficar em casa nessa segunda-feira, feriado de Indepêndencia do Brasil. E não apenas vão ficar em casa como muitas delas vão acabar ficando doentes em função dos picos climáticos. E foi pensando nesses picos que pensei nesse post.

A chuva acaba estragando os planos de qualquer criança, porque nossas mães nunca nos deixam brincar embaixo de chuva – “senão a gente fica doente” diz Megan de 5 anos – Assim como pé no chão gelado dá gripe, tomar chuva trás resfriado, sorvete na garganta dá inflamação… Será?

Para começar a responder esta pergunta precisamos estabelecer a diferença entre gripe e refriado As gripes são provocadas pelo vírus Influenza e têm início abrupto. Seus sintomas são: febre, tosse e dor de cabeça que têm um ciclo de aproximadamente 2 semanas. Os resfriados têm os mesmos sintomas, só que estes não se manifestam tão intensamente e podem ser causados por diferentes vírus.

DoenteSegundo está descrito no site da rádio Mundial na matéria Mitos e Verdades – Gripes e Resfriados, encontrei a seguinte explicação: “Essas infecções não estão relacionadas com a baixa temperatura ou a exposição ao frio. A transmissão é feita por meio do contato com pessoas e/ou objetos contaminados. Isso significa que uma pessoa mal agasalhada exposta ao frio não está mais sujeita às doenças. O que acontece é que durante o período de inverno (temperaturas baixas), as pessoas tendem a ficar mais tempo em ambientes fechados, onde há pouca circulação de ar, facilitando a transmissão dos vírus.” http://radiomundial.com.br/vivamelhor/?id=4218

Conversando com diferentes profissionais da área da educação e da saúde, descobri que faz parte de um senso comum entender que tomar gelado, andar descalço e tomar chuva “dá refriado e gripe”, mas os médicos nos respondem que esses são “mitos” que não condizem muito bem com os conhecimentos científicos sobre gripes e resfriados. É verdade sim que precisamos tomar cuidado com as mudanças drásticas do clima, nos alimentar muito bem com frutas, legumes e todos os tipos de vitaminas, e devemos também eviSofátar ar condicionado e lugares mal-ventilados em dias mais frios, porque assim facilitamos a transmissão do vírus. Mas isso não significa que o vírus é diretamente ligado com o frio!

Mas se você ainda não tem coragem de encarar a chuva, brincar na lama e passar um pouquinho de frio, a cidade de São Paulo está competindo com o seu sofá e seus cobertores, oferecendo algumas opções para aqueles que querem sair de casa, entre elas selecionei aquelas que mais me chamaram a atenção:

Catavento Cultural e Educacional: Sábados, domingos e feriados, no período das 09:00 às 17:00hs.

http://www.cataventocultural.org.br/noticias.asp

Planetário do Ibirapuera: Sábados, domingos e feriados, às 15h, 17h e 19h

http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar/pontos-turisticos/219-planetario-do-ibirapuera

Esperando Gordô – Centro Cultural São Paulo – Sala Paulo Emílio Salles Gomes (110 lugares). Rua Vergueiro, 1000, Paraíso, Até dia 26. 3397-4002, Metrô Vergueiro. Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00.

E você, já ficou doente depois de brincar na chuva?

Fazendo as Malas

Junho 23, 2009

Me preparando para uma viagem internacional, deparei-me com a seguinte questão: Quais seriam os itens que poderiam acrescentar algo à minha experiência pedagógica durante esta viagem?

Então pensei em 5 itens indispensáveis para suportar as longas 9 horas de viagem até o aeroporto de Chicago.

Revista Escola

1 – Uma boa revista sobre Educação, como a “Nova Escola” da Abril, uma revista que oferece um ótimo repertório de assuntos da atualidade que envolvem dicas, histórias e exemplos da prática pedagógica de educadores de diversas áreas. Ter uma revista em mãos pode ser um grande auxílio nos momentos de incomodo, sem conseguir dormir nem assistir filmes durante um vôo.

Lollipop2 – Muitos pirulitos e doces! Em dias normais, na correria de nossas rotinas, quem tem tempo para chupar um pirulito até o final? Pois é, durante uma longa viagem há tempo de sobra! Um pirulito pode ser uma forma de trazer açúcar para o corpo, acalmando os nervos e aproveitando os diferentes sabores. Também recomendo outros doces como chocolates, bolinhos, balas e até chicletes, mas fique atenta à quantidade, os efeitos colaterais podem chegar mais rápido do que o esperado!

Cubo Magico3- Um cubo mágico. Existem manuais explicativos que nos mostram passo a passo como resolver um cubo mágico, mas quem tem tempo para isso no dia-a-dia? Essa é a hora, divirta-se e desenvolva o seu raciocínio lóigo-matemático – pegue seu manual e leve dentro da bolsa para momentos de distração!!

http://www.montarcubomagico.com.br/

Higiene4- Um Kit Higiene – Para chegar tão linda, cheirosa, arrumada e elegante quanto quando saiu de casa, leve com você um kit com perfume, batom, desodorante, escova e pasta de dente, absorvente, gel higienizador de mãos, band-aids e tudo o que for preciso para se prevenir de situações que possam se tornar incomodas nesse processo!

Music5- E por fim, boa música! No Ipod, disc-man, walk-man, radinho ou qualquer eletrônico que toque música!!! Todas nós pedagogas que trabalham com a Educação Infantil, utilizamos a música em nossas rotinas todos os dias, nessa hora ainda mais, precisamos do auxilio da música para relaxar a mente e viajar com o corpo!

Com essas 5 coisas dentro de sua mala você esta pronta para viajar e relaxar, pensando como uma educadora que se diverte e cresce em seu tempo de descanso!

E você, vamos viajar?

http://www.cvc.com.br

Planejando Minhas Férias…

Junho 19, 2009

BMalaom, pensar em férias nos faz contar os dias para o final das aulas, trabalho, e tudo mais. Estou indo para os Estados Unidos agora no dia 7 de Julho e já estou contando os dias desde o mês passado! Vou tirar as minhas férias e tratar de matar as saudades dos meus amigos que estão tão longe. Lá nos Estados Unidos também foi o lugar aonde nasceu o meu sonho de ensinar, especialmente na Educação Infantil.

Esse semestre foi um semestre muito produtivo, principalmente com a construção deste blog, que me motivou muito a me dedicar também na Faculdade e no trabalho para sempre trazer algo interessante aqui.

Algumas coisas interessantes sobre os Estados Unidos:

– Você sabia que algumas famílias optam por ensinar seus próprios filhos e então estes não vão à escola, mas aprendem em casa com os pais com o auxilio de um material que o Governo disponibiliza? Isto é chamado de Home School.

– Você sabia que os alunos da Educação Infantil frequentam apenas alguns dias de escola durante a semana e não segunda à sexta, como no Brasil?

– Você sabia que a carga-horária nos Norte Americana é muito mais longa do que a Brasileira, tendo início as 8:00 e término por volta das 14:00, mas a quantidade dos conteúdos ensinados é muito menor?

Megan Anna

É isso aí. Planejem suas férias vocês também!

Saindo da Escola

Abril 15, 2009

Tenho assistido cada vez mais no meu dia-a-dia  como é efetiva a aprendizagem direcionada de forma experimental (empirísta) para a criança durante o período da Educação Infantil. Elas estão nessa fase onde a sua expêriencia com o mundo gera conhecimentos que constroem os seus primeiros passos de formação como ser-humano, que se relaciona com as coisas e seres.Pensando Alguns grandes facilitadores disto são: Teatros,  Museus, Cetros Culturais e etc, que proporcionam a experiência visual. Os Museus são uma grande ferramenta de auxilio para esse experimentação visual que direciona a sua imaginação.

Já existem muitos programas educatiovos em Museus principalmente, nos dias atuais. As crianças passam por diferentes processos durante a visita e têm a chance de criar alguma coisa de acordo com os processos artísticos que obeservaram.

No final de todos os meus dias passo aproximadamente vinte minutos com uma criança específica sentada ao meu lado no horário da saída.c Essa criança se senta ao meu lado porque gosta de ouvir histórias e alí ela fica por quanto tempo eu conseguir continuar possobilitando um momento onde pode imaginar coisas diversas e divertidas. Outras crianças se aproximam quando a história continua, e também querem saber mais…Todos se interessam. Nós, como educadores, precisamos levar nossas crianças à outras situações como esta que lhe proporcionem um momento prazeroso de descobrir coisas novas.

O Museus Lasar Segal, na Vila Mariana é um desses.

http://www.museusegall.org.br/lsFetchText.asp?sMenu=L004&sOrdem=1

O site da Diverte também nos mostra os melhores espetáculos e musicais que estão se apresentando aqui em São Paulo.

http://www.divertecultural.com.br/

No Parque Ibirapuera o Planetário foi reformado e esta lindo!

http://www6.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/meio_ambiente/planetarios/planetarios_sao_paulo/0003

Pillow Fight Day

Abril 8, 2009

PillowNesse ultimo sábado, dia 4 de abril, aproximadamente 400 pessoas se reuniram em frente ao Obelisco, próximo ao Parque Ibirapuera, para “comemorar” o “Dia Internacional da Guerra de Travesseiros”.

O evento foi divulgado pela internet e pelo orkut principalmente, mas todos eram bem vindos. A guerra aconteceu firme e forte por aproximadamente 40 minutos, enquanto voavam as penas e espumas dos travesseiros e almofadas.

Mas que vontade de ser criança hein? Um monte de marmanjos apanhando felizes e contentes. Isso nos faz pensar em como essa pode ser uma alternativa boa de encontrarmos maneiras mais saudáveis e divertidas de gastar o nosso tempo livre não é mesmo? Tomara que essa onda de eventos não acabe logo!

Sonhos da Menina

A flor com que a menina sonha
está no sonho?
ou na fronha?

Sonho
risonho:

O vento sozinho menina-borboleta2
no seu carrinho.

De que tamanho
seria o rebanho?

A vizinha
apanha
a sombrinha
de teia de aranha . . .

Na lua há um ninho
de passarinho.

A lua com que a menina sonha
é o linho do sonho
ou a lua da fronha?

Cecília Meireles

Para quem quer fuçar mais:

www.pillowfightday.com

www.jornaldepoesia.jor.br/infan01.html

Batutinhas!

Março 31, 2009

Você já assistiu ao filme “Os Batutinhas”?

Esse é um filme infantil que conta a história de uma amizade entre dois meninos que lideram um “clubinho” anti-meninas. Os meninos se encrencam em mil e uma confusões até que Alfalfa se apaixona por Darla e o clube inteiro é afetado por isso. e9i71uAlém de ser um passa tempo muito agradável, esse filme realmente nos mostra a opinião de crianças de 2 ‘a 5 anos em relação ao sexo oposto.

As crianças entendem, por enquanto, que as diferenças entre elas se dão no fato de terem ou não uma “torneirinha” para fazer xixi. As meninas ficam incrivelmente irritadas e cheias de nojo ao ver os meninos fazendo xixi de pé, e os meninos ficam realmente confusos sem entender porque que as meninas sempre querem se sentar como se fossem fazer coco!

Conversando com uma amiga minha que tem um filhinho de 3 anos, fiquei sabendo que um dia ela foi surpreendida com a pergunta: “Mamãe, seu pipi é no bumbum?”. Esse processo de perguntas “esquisitas” é um processo natural de reconhecimento do sexo oposto e aos poucos as informações vão se encaixando no lugar certo.

É assim que as coisas acontecem nessa fase, para a alegria dos papais e as muitas risadas das mamães.

E você, tem alguma história pra contar? Não? Então assista o filme!

Para quem quer fuçar mais: